Publicada hoje às 08h | atualizada hoje às 08h

Davi e convidados homenageiam Moraes Moreira em EP

O músico Davi Moraes está lançando no mercado um projeto em homenagem a seu pai, Moraes Moreira, que morreu em abril do ano passado. “Além de um pai, eu perdi um parceiro, um professor, o companheiro de estrada, tudo isso junto. Eis que num momento tão difícil, com o país em lockdown, acontece um olhar poético incrível e imensurável para a história por ele deixada! Saído da pequena Ituaçu para viver o sonho da música, primeiro com seus manos dos Novos Baianos, para logo em seguida se tornar o primeiro cantor do Trio Elétrico – junto com Armandinho e a família Dodô e Osmar-, para enfim alçar vôo em uma carreira gigantesca, levando toda essa cultura para âmbito nacional”, define Davi Moraes.

Hoje, 5 de janeiro, o artista disponibiliza um EP “Todos Nós”, com quatro canções, três delas inéditas, que nasceu do desejo de homenagear Moraes Moreira do jeito que ele gostava: cercado de amigos. Como já trabalhava em um novo disco com Kassin, Davi o chamou para produzir com ele o EP. A semente inicial foi “Aquele Abraço do Gil”, parceria inédita de Moraes e Joyce Moreno. “Ele a encontrou na padaria e deu uma letra manuscrita num pedaço de papel. Meu pai sempre foi muito fã da Joyce e eu peguei isso por tabela. De um dia para o outro, ela fez um samba maravilhoso e mandou o áudio pra ele, pelo celular”.  Davi chamou o baterista Paulo Braga e o baixista Alberto Continentino, e juntos fizeram uma versão em cima do áudio original, e Joyce adorou o que ouviu.

Algum tempo depois, foi a cantora e compositora carioca quem sugeriu gravá-la. “A Joyce deu uma sacudida muito positiva. Ela me disse: ‘a gente está com a música pronta, porque não gravamos, todo mundo junto, e lançamos um single?” Nascia assim o projeto. “Contei pra Joyce a minha ideia de gravar mais três canções e lançar um EP. Eu estava sentindo uma necessidade muito grande de fazer uma homenagem ao meu pai, por toda a história de vida que a gente teve junto”.

Depois de “Aquele Abraço do Gil”, outra canção inédita entrou na seleção do EP: “Aos Santos”, parceria de Davi Moraes com mais um convidado, Carlinhos Brown. “Compus um bolero e mandei para o Brown, que amou a melodia e profeticamente escreveu em um dos versos: “Fiquei sem respostas, sem tocar na banda”. Era o primeiro ano em décadas que não fui ao Carnaval com meu pai. Em outro verso, ele diz: “Você foi embora, me deixou aos prantos, e apaixonado consultei os Santos “, rimando amor e dor com muita inteireza”, afirma Davi.

O passo seguinte foi convidar Marina Lima para gravar uma canção de Moraes. “Ela sempre teve uma ligação afetiva com “Davilicença”, ficou maravilhada quando viu meu pai e Armandinho compondo essa música, no dia em que os dois se conheceram”, conta Davi.  Depois do dueto com Marina, uma inédita que Mu Carvalho compôs em parceria com Tuca de Oliveira, chamada “O Cantor das Multidões” — que, em termos sonoros, “ficou com um clima meio A Cor do Som”, como afirma Davi.

Clique abaixo e ouça o novo EP de Davi Moraes, ‘Todos Nós”:

Todos Nós – Single by Davi Moraes | Spotify

VOLTAR