Publicada 18/10/2021 às 08h | atualizada 18/10/2021 às 08h

Gabi Amarantos divulga novo álbum, “Purakê”

Foto de Rodolfo Magalhães

Após quase dez anos do sucesso do álbum “Treme” de 2012, a cantora paraense Gaby Amarantos divulga seu segundo trabalho de estúdio intitulado “Purakê”, uma alusão ao peixe elétrico pré-histórico da Amazônia, cuja voltagem chega a 860 volts, enfatizando a eletricidade natural da cantora, que também se destaca como jurada do reality “The Voice Kids” (Globo) e do programa de debates “Saia Justa”.

O single “Amor Pra Recordar”, com a participação do cantor Liniker, uma das amostras do álbum, foi lançado recentemente com um clipe recheado de emoção e fazendo uma homenagem àss mulheres ribeirinhas do Norte do Brasil. Outras duas faixas também já foram apresentadas anteriormente — o brega funk  “Vênus Em Escorpião”, com participação de Ney Matogrosso e Urias; e “Tchau”, que contou com Jaloo como convidado. Aliás, é Jaloo quem assina a produção musical de “Purakê”.

Com um total de 13 músicas, o público pode esperar de “Purakê” um trabalho totalmente visual, pois cada faixa conta com um conteúdo animado conhecido pelo conceito de clipelizer, além dos citados e de outros feats. É o caso da canção ‘Última Lágrima’, com a participação de Elza Soares, Dona Onete e Alcione. “O público vai se encantar com a grandiosidade dessa união de vozes”, diz a artista sobre a faixa produzida pelo mineiro Baka, junto com Rafael Ramos e Jaloo. Gaby complementa: “Em termos sonoros, o álbum tem desde músicas que são mais românticas e lentas para você se deitar, refletir e ouvir, até aquelas extremamente dançantes. É uma mistura de sonoridades de uma Amazônia do futuro, tenho certeza de que o público irá amar”.

Já “Opará”, feat com a cantora baiana Luedji Luna, considera-se a representação da sereia do asfalto que existe dentro de cada mulher. “Amor Fake”, a terceira faixa do trabalho, é um brega que vem acompanhado com um som de saudade que se faz atual ao declarar guerra contra tudo que é fake. Outro destaque é “Embraza”, “convite para todos se imaginarem no solstício tropical colocando o pé na água doce da praia de rio”, como ela afirma. Na nona faixa intitulada “Selfie”, a cantora brinca que se trata de um brega que Reginaldo Rossi cantaria nos dias de hoje.

Assista ao clipe de “Vênus Em Escorpião”, com Gaby Amarantos (feat. Ney Matogrosso e Urias):


VOLTAR