Publicada ontem às 08h | atualizada ontem às 08h

Marília Mendonça estimula fãs em quarentena: 'Leia um livro'

Isolada em casa por causa do coronavírus, cantora deu dicas para os seguidores, como 'assistir filme, descansar e dormir' 

Isolada em casa durante a quarentena, a cantora deu dicas para os seguidores através das redes sociais.

"Vai ler um livro, ficar com seus filhos, com seus pais, estudar uma nova língua, estudar um instrumento, assistir filme, descansar, dormir", disse no microblog.

A sertaneja falou sobre a importância de ficar em casa e evitar aglomerações. "Quem tiver a oportunidade de ficar em casa, fique! Para essas pessoas, repito, que tem a oportunidade de ficar em casa numa quarentena voluntária, aproveitem da melhor forma esse tempo (não estou falando de dinheiro). Obrigada!".

Marília Mendonça suspende shows

Assim como a dupla Simone e Simaria, Marília cancelou show para o bem-estar da equipe e do público.

Internautas dividiram opiniões: alguns apoiaram a atitude de Marília, enquanto outros ficaram decepcionados com o aviso feito apenas algumas horas antes do show.

Nas redes sociais, a artista respondeu as críticas por ter suspendido o espetáculo. "Cancelamos o show hoje. Deveríamos ter cancelado o show ontem. E com certeza virão muitos shows cancelados pela frente. Tô achando bom? É claro que não. Foi certo fazer o show ontem? É claro que não. Deveria ter me posicionado antes? É claro que sim. O prejuízo não é só meu nem seu", afirmou a mãe do pequeno Léo, fruto da relação com o músico Murilo Huff.

Artista critica sertanejos que mantiveram agenda

Marília também mostrou revolta com colegas que não remarcaram as apresentações já agendadas.

"O egoísmo está grande demais, principalmente dentro do meu próprio mercado. As decisões estão sendo tomadas unilateralmente. Não cancelaram o meu show. Eu cancelei o meu show porque notei a minha irresponsabilidade. Ninguém está nem aí... Não conseguem colocar a mão na consciência e pensar além. Todo mundo precisa ganhar dinheiro para sobreviver, mas antes precisamos sobreviver. Conta básica. Minha empresa parou por causa de um vírus altamente contagioso. Mas foi o meu ramo mesmo. O restante continua seguindo", desabafou.

(Por Patrícia Dias)

VOLTAR