Após agredir a irmã, homem quebra medida protetiva e é preso por ameaçar a própria mãe em Natal

27/06/2022 14:05:00


A Patrulha Maria da Penha – PMP, da Guarda Municipal do Natal, prendeu neste sábado (25), um homem que, por ter agredido sua irmã, estava impedido por força de medida protetiva expedida pela justiça, de se aproximar da mulher que é assistida pela PMP. O agressor ignorou a medida judicial e foi até a residência da vítima, tendo na porta do imóvel, segundo relato, feito ameaças e proferido agressão verbal contra a sua irmã e sua mãe. 

Diante de flagrante descumprimento de medida protetiva, a equipe de serviço da PMP, foi acionada pelo Centro Integrado de Operações da Segurança Pública – Ciosp, tendo, com o apoio da viatura do Gaam, se deslocado imediatamente até o endereço informado e encontrando o infrator. Ele recebeu voz de prisão, e sem resistência, foi conduzido para a Delegacia de Plantão Zona Norte, onde ficou detido à disposição da justiça. 

A Coordenadora da PMP, CGA Cléa, disse que a atuação do grupamento tem se intensificado neste período de festas, e que nenhuma agressão ou ameaça contra as assistidas será tolerada e os que insistirem no descumprimento de medida judicial, serão conduzidos para responder conforme os rigores da lei. 

Patrulha Maria da Penha

O programa de proteção à mulher vítima de violência foi lançado pelo prefeito Álvaro Dias junto à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social - Semdes, em janeiro de 2020, sendo um marco histórico da expansão das políticas públicas em defesa das mulheres no âmbito do município.   

A iniciativa é responsável pela proteção de mais de 100 mulheres que sofrem ou sofreram ameaças a suas vidas e têm quase sempre como único amparo as guarnições da Guarda Municipal que agem diuturnamente na proteção a vítima e na repulsa qualificada do agressor. 

Deixe seu comentário

0 Comentário(s)



Newsletter

Cadastre-se para receber as novidades direto no seu whatsapp.