Embaixada da Hungria demite brasileiros após estada de Bolsonaro vazar

03 de Abril 2024 - 15h30

Fachada da Embaixada da Hungria em brasilia Brasil - Metrópoles

A Embaixada da Hungria demitiu, ao menos, dois funcionários brasileiros dias depois de o jornal norte-americano The New York Times revelar a estada do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no local, durante o Carnaval, logo após ele ter o passaporte retido em operação da Polícia Federal (PF).

Divulgados em primeira mão pela CNN, os desligamentos foram confirmados pelo Metrópoles. À reportagem integrantes da repartição diplomática disseram que ao menos dois brasileiros foram demitidos nesse período. Contudo, eles dizem que não é possível afirmar que as demissões tenham relação com a exposição da estada de Bolsonaro.

O Metrópoles entrou em contato com a Embaixada da Hungria, mas ainda não obteve retorno sobre as demissões. 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado